As quatro barreiras para as Bitcoin: Parte Um – Usabilidade

Este é um artigo traduzido de uma série em que Falkvinge identifica como os quatro obstáculos para as Bitcoins. O primeiro artigo é sobre a usabilidade. Os outros são transações, intermediação e câmbio.

Bitcoin é uma tecnologia com um potencial incrível. Mas há quatro coisas que devem aparecer para que este potencial se materialize. No primeiro artigo iremos falar sobre a usabilidade.

Bitcoin foi citado como sendo para a moeda corrente o mesmo que o BitTorrent é para o monopólio de direitos autorais. Eu acredito que tem esse potencial. Mas está longe de lá atualmente. A surpreendente valorização das Bitcoins, é a especulação de que tal potencial se concretize. Mas vou aproveitar a minha experiência de 25 anos como profissional no desenvolvimento de software e adicionar algumas opiniões sobre prováveis ​​pontos cegos no projeto.

Os desenvolvedores atuais são, creio eu, muito qualificados tecnicamente. E isso é também seu calcanhar de Aquiles. Uma pessoa que é muito boa em um trabalho que exija uma lógica complexa impecável nunca é boa em fazer que a lógica seja fácil de usar e entender. São dois conjuntos de habilidades completamente diferentes que não existem na mesma pessoa. E a maioria das pessoas técnicas não percebem isso, enquanto estão construindo coisas que apenas eles entendem.

Vamos fazer a analogia com BitTorrent novamente. Bram Cohen criou a tecnologia. Quantos aqui têm usado o cliente de Bram Cohen para BitTorrent? Ninguém? Nem mesmo uma pessoa? Eu já suspeitava. Todo mundo está usando Transmission, Deluge, μTorrent, Azureus … outros clientes construídos por pessoas que pegaram a tecnologia e a tornaram utilizável. Ponto a ser notado: Ninguém está usando o cliente de Bram Cohen para BitTorrent.

É assim que você envia o seu dinheiro, encorajador não?

Pode ser teoricamente possível que uma pessoa especializada na elaboração de lógica também pode ser hábil em usabilidade, mas ainda não encontrei uma em 25 anos. No entanto, eu encontrei um grande número de programadores deepcore que pensavam que eram bons em usabilidade.

O cliente Bitcoin atual não pode ser considerado mais do que um protótipo. O que os programadores precisam fazer para tornar o ecossistema saudável e vivo é entregar as tarefas de usabilidade para outras pessoas. Criar bibliotecas! Templates! Bibliotecas PHP, .NET, DLLs do Windows, plugins WordPress!

Quando isso acontecer, as pessoas que amam a usabilidade, mas não querem mexer com criptografia irão criar um ecossistema real.

Só para citar alguns casos de uso que precisam ser resolvidos, no mínimo para fazer o ecossistema Bitcoin ter sucesso em sua escala potencial:

  • Por que não posso combinar duas carteiras com facilidade?
  • … Ou dividir a carteira que tenho?
  • Por que não posso subscrever a um serviço, que pode mudar o modo de pagamento para bitcoins (ex. conta de luz), com apenas uma ação de confirmação?
  • … Ou criar um serviço que outras pessoas possam assinar?
  • … E cobrá-los para uma confirmação de um clique?
  • Por que não consigo adicionar bitcoins com um único botão no cliente e um número de cartão de crédito?
  • Por que não posso criar uma carteira compartilhada por um grupo de trabalho com limites de gastos individuais?
  • Por que não posso escrever o código do servidor para o meu blog WordPress que aceita bitcoin?
  • Por que não consigo pagar com o meu telefone sem arriscar a perda do meu dinheiro através do roubo ou perda do meu telefone?
  • Por que não consigo integrar facilmente a aceitação de bitcoins em meu site de ecommerce?
  • Por que não posso escrever o código do servidor no meu programa de gestão de organização que aceita e envia bitcoin?

A lista vai longe. O que é necessário agora não são as soluções para os problemas acima, mas a habilitação para outras, novas pessoas resolvê-los. E para fazer isso, os desenvolvedores precisam limitar e clarificar o seu papel no ecossistema: eles precisam ser os mantenedores da tecnologia e bibliotecas, mas não os guardiões das portas da experiência do usuário final. Já há tanto valor investido em Bitcoin que não há falta de pessoas que têm interesse em vê-la bem sucedida e que desejam ajudar o ecossistema a prosperar.

O fato é que as Bitcoins funcionam bem, mas precisamos seguir em frente rumo a um ecossistema completo para alcançar todo o potencial desta tecnologia.

Sobre o autor: Rick Falkvinge é o fundador do primeiro Partido Pirata na Suécia, viaja pela Europa e resto do mundo para falar e escrever sobre idéias para uma política de informação livre. Ele é também um ativista, construindo túneis e ferramentas aonde e quando possível.

Sem posts relacionados.

Publicado em 20 de setembro de 2011